Zeit ganhadora do Agroinnovation, promovido por Sebrae RS

Zeit > Blog > Informação > Zeit ganhadora do Agroinnovation, promovido por Sebrae RS

No dia 27 de agosto aconteceu a final do programa Agroinnovation, promovido pelo Sebrae RS, onde 7 empresas finalistas apresentaram suas propostas para o agronegócio. A banca avaliadora era composta por Débora Chagas, coordenadora de startups do Sebrae RS, Fabiano André Costa Nichele, coordenador de projetos de agronegócio, Guilherme Kudiess, sócio da Venture Aceleradora, e por Vinícius Lampert, pesquisador da Embrapa Pecuária Sul.

Cibele (Sebrae RS) conversa com Renan (CEO Zeit) durante Agroinnovation

A Zeit foi a vencedora do projeto, avaliado tanto pela banca como pelo público, que teve a oportunidade de votar nas apresentações que traziam soluções mais reais para o agronegócio no Brasil. Com a ideia de simplificar processos e dar mais rapidez nas análises, a Zeit apresentou seu modelo de análises químicas a campo. Com apenas um toque, o produtor pode analisar a qualidade do leite e receber informações como quantidade de células somáticas por ml/leite, níveis de uréia, contagem de bactérias e nível de gordura. Para o produtor, isso significa poder compreender a saúde e nutrição individual de cada vaca e ainda poder tomar ações sobre a qualidade do leite.

Atualmente, os modelos de análise levam até 15 dias para mostrarem os resultados. Com o modelo da Zeit, as análises acontecem junto com o produtor na sua própria fazenda, sem a necessidade de enviar o material ou mesmo esperar dias para saber os resultados. Isso significa que o produtor de leite poderá realizar a coleta de amostras, analisar a qualidade e outros fatores através do equipamento, tomar decisões sobre a sua produtividade, saúde dos animais  mudanças na alimentação, tudo isso em apenas uma tarde.

Falando em índices de produtividade, já viu nosso relato sobre as vacas Serena e Estrela? São dois animais da propriedade do Santini, um produtor de leite na região de Santa Maria. O caso foi apresentado para os jurados durante o Agroinnovation. Renan Buque, Diretor Executivo da Zeit, explicou que através das análises, conseguimos identificar vários problemas na qualidade do leite e saúde dos animais, e em apenas uma semana, a diferença de produção aumentou 9,5% para a Serena e 14,8% para a Estrela. Ambas tinham os maiores níveis de contagem de células somáticas por ml/leite (CCS). Assim como elas, outras vacas do rebanho tiveram sua dieta e tratamentos ajustados, e a produção geral da fazenda aumentou incríveis 15,6%. 

Imagem da apresentação do dia 27, mostrando o aumento de produção de animais que tiveram grande queda na contagem de células somáticas (CCS)

Hoje, o que você faria com 15,6% a mais produção de leite na sua propriedade? São decisões simples, mas no momento certo e na medida certa que fazem essa diferença. Quer entender mais sobre como uma análise em um toque pode ajudar a sua propriedade a aumentar a produtividade e melhorar a saúde do seu rebanho? Deixe seu comentário aqui, ou nos escreva através do campo de mensagens. Vai ser muito bom mostrar que você também pode aumentar ainda mais a sua produtividade.

Falando nisso, já parou pra pensar no impacto que a CCS causa na sua produtividade? Aproveite e tire uns minutos para ler nosso artigo POR QUE AVALIAR A CCS INDIVIDUALMENTE NO REBANHO.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *